Serro, Minas Gerais: onde comprar os melhores queijos locais

Os queijos do Serro são alguns dos melhores de Minas Gerais e a cidade é uma parada frequente para quem viaja até Diamantina.

  • O Salão do Queijo do Serro está fechado para reformas há anos, não conte com ele
  • Há dois bons lugares para comprar queijo: a cooperativa CooperSerro e a loja Grife do Queijo, do Túlio Madureira
  • Com agendamento prévio, é possível marcar visitas nas fazendas e acompanhar a produção

Serro possui o Salão do Queijo, que está fechado para reforma há anos. Também é bom se informar sobre festivais do queijo que costumam acontecer na cidade – mas confirme antes de organizar sua viagem em torno disso, já que eventos podem ser cancelados, mesmo que continuem nos folders oficiais da prefeitura.

Fatia de Queijo do Serro, feito em Minas Gerais

Para comprar queijo, há bons lugares:

Um local que não dá para deixar de visitar é a loja fazenda Pedra do Queijo, que vende os produtos vindos da fazenda Pedra do Queijo, do Túlio Madureira. É ele mesmo quem costuma receber os clientes na lojinha que ocupa um cantinho do quintal da casa e traz alguns dos queijos mais premiados do Serro, como Gir e Kankrej. A novidade do produtor é o queijo Curupira, com maturação em ácaros, que deixa o produto picante e muito potente. A meia peça dos queijos de Túlio in loco fica a partir de R$30 – saindo do Serro, o preço praticamente dobra.

A fazenda Pedra do Queijo está aberta para visitação mediante agendamento. A visita acontece durante a manhã e dura em torno de quatro horas, mostrando todo o processo da fabricação do queijo. Para agendar, entre em contato pelo (38) 99823-4207 ou pelo (38) 98814-5061.

Escadaria e igreja ao fundo, em Serro, Minas Gerais

A Fazenda Ouro Fino, do produtor Moisés Antônio Barbosa, também agenda visitas pelo (38) 99941-0000 ou (38) 98808 4685.

Outra opção é o mercado da cooperativa de produtores rurais Cooper Serro, o mesmo que distribui queijo minas para os supermercados de Belo Horizonte e outras cidades mineiras. Apesar de ser mais fácil encontrar produtos comuns da marca na capital, a CooperSerro também já recebeu premiações e o mercado local traz outros tipos de queijos, como o Minas Artesanal e o Colonial, e maturados como o do Reino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *