14 vinhos bons e baratos para comprar online em 2020

Tem quem diga que “vinho bom é caro” e cá estamos nós para provar que não.

Em tempos de quarentena e isolamento social, a gente está mais consciente com os próprios gastos — mas também está bebendo mais em casa, já que não se deve sair e ninguém é de ferro. Nesse cenário, é fácil se perder na oferta gigantesca de vinhos e acabar escolhendo uma garrafa pelo preço, sem saber muito sobre o produto em si.

Para pegar dicas certeiras, contamos com a ajuda do sommelier João Renato da Silva, do Ovo e Uva, de São Paulo; e de Gustavo Cruz, sócio-diretor do La Vinicola, bar especializado em vinhos com cinco unidades em Belo Horizonte e região metropolitana.

Para João Renato, uma sugestão para comprar vinhos de alto nível sem gastar tanto é procurar produtos nacionais. “Pequenas vinícolas do Vale dos Vinhedos, por exemplo, elaboram vinhos sérios e de muita personalidade a bons preços”, aponta. Gustavo também recomenda olhar com carinho para os vinhos rosé, cujo consumo está em alta devido à versatilidade e ao ótimo custo/benefício apresentado.

vinhos bons e baratos online

Os dois bares, assim como outros espalhados pelo Brasil, tiveram que aderir ao delivery nesta quarentena para manter as operações até a reabertura das casas. Por sorte, o hábito de tomar vinho em casa, que antigamente era atrelado às comemorações, vem ganhando ares de dia a dia. Vinho combina com bar, óbvio, mas também combina demais com fim de tarde na varanda, com jantar intimista e com filme no sofá, né?

Segundo a coluna Forbes Taste da jornalista de gastronomia Juliana Ventura na Forbes, lojas virtuais, importadoras e produtores de vinho notaram um aumento nas vendas diretas para o consumidor final nessa quarentena. O e-commerce Evino, por exemplo, notou um aumento de 19% na quantidade de garrafas vendidas no comecinho do isolamento social este ano, comparado com o mesmo período de 2019, sendo que as solicitações feitas por novos clientes, que nunca tinham comprado na plataforma, aumentaram 30%.

Confira os vinhos mais recomendados pelos sommeliers por a partir de apenas R$35, divididos por faixa de preço para facilitar a escolha.

Veja também: Duo Gourmet – como economizar nos melhores restaurantes
Delivery em São Paulo – os melhores e mais concorridos restaurantes
Delivery em Recife com desconto nos melhores restaurantes
Delivery em BH – onde pedir café, comida, cerveja e vinho

melhores vinhos para comprar online

Vinhos bons e baratos: entre R$35 e R$50

  • Benjamin Nieto Rosé Suave
    Vinícola Nieto Senetiner
    Origem: Mendonza, Argentina
    Variedades: Malbec, Syrah e Merlot
    Teor alcoólico: 11,5% ABV

Nesse vinho argentino, a fermentação alcoólica é interrompida para preservar seu caráter naturalmente adocicado. Ele é muito fácil de beber, especialmente bem geladinho.

“Por causa desse resíduo de açúcar, é uma ótima escolha para quem está começando a conhecer o mundo dos vinhos e não gosta dos sabores muito secos, ou para quem quer harmonizar com doces”, recomenda Gustavo Cruz, do La Vinicola. É a melhor pedida baratinha para acompanhar a sobremesa.

  • Tarapacá Cosecha Merlot 2019
    Vinícola Tarapacá
    Origem: Vale Central, Chile
    Variedades: Merlot
    Teor alcoólico: 13% ABV

Os vinhos chilenos são mais conhecidos pela gente aqui no Brasil. São também baratos e fáceis de encontrar, o que facilita bastante a compra online. Por ser 100% Merlot, este é um vinho tinto delicado, de corpo médio e bem equilibrado, democrático para agradar a todos os paladares. Combina com carnes, massas e risotos, além de queijos de massa mole, como brie.

  • Santa Carolina Reservado Cabernet Sauvignon e Merlot – Edição Limitada
    Vinícola Santa Carolina
    Origem: Vale Central, Chile
    Variedades: Cabernet Sauvignon e Merlot
    Teor alcoólico: 13% ABV

As duas uvas tintas mais famosas do Chile se mesclam nessa edição especial da vinícola Santa Carolina. No paladar, apresenta corpo firme e taninos bem estruturados. “Não é um vinho tão leve, mas a Merlot, uva mais suave, equilibra a Cabernet”, explica Gustavo. Esse equilíbrio e o ótimo custo/benefício fazem deste vinho uma boa pedida para o dia a dia, acompanhando muito bem carnes, queijos e massas com molhos intensos.

  • Quinta de Bons-Ventos Tinto 
    Vinícola Casa Santos Lima
    Origem: Alenquer, Portugal
    Variedades: Camarate, Castelão e Tinta Miúda Touriga Nacional
    Teor alcoólico: 13% ABV

Considerado um dos melhores vinhos tintos baratos em aplicativos especializados, ele tem notas de madeira bem interessantes, resultado dos meses em que amadurece em barricas. O sabor de frutas vermelhas e notas terrosas é persistente e muito agradável, tornando este vinho português facílimo de beber. Acompanha tanto as entradinhas (especialmente queijos e torradas com pastinhas e caponatas) quanto um jantar de carne vermelha.

dicas para comprar vinhos online

Vinhos bons e baratos: entre R$50 e R$65

  • Fausto Chardonnay
    Vinícola Pizzato
    Origem: Serra Gaúcha, Brasil
    Variedades: Chardonnay
    Teor alcoólico: 12,5% ABV

Para o sommelier João Renato, do Ovo e Uva, a linha Fausto da Vinícola Pizzato tem uma das melhores relações entre preço e prazer do mercado nacional de vinhos. É uma bebida refrescante, equilibrada, com aromas clássicos de maçãs verdes, peras e abacaxi, para tomar geladinha. Como o corpo é de médio a leve, é melhor harmonizar com pratos frios, como saladas e carpaccios, e evitar combinar esse vinho com receitas pesadas ou muito condimentadas.

  • Casal Garcia Rosé 
    Vinícola Casal Garcia
    Origem: Vinho Verde, Portugal
    Variedades: Vinhão, Azal Tinto e Borraçal
    Teor alcoólico: 10,5% ABV

Um vinho português fácil de encontrar, até em supermercado, e com preço ótimo. Ele é refrescante, leve e de sabor bem frutado (com notas de morango e framboesa), ligeiramente efervescente, perfeito para abrir os trabalhos gastronômicos: pode ser tomado bem gelado à tarde, no parque, na piscina ou na varanda vendo o pôr do sol. Por não ser tão doce, ele harmoniza mais com as entradinhas (como saladas e carpaccios), ou pratos refrescantes com ervas finas (como pesto, alecrim…), peixes e outros frutos do mar.

  • Nederburg 1791 – Rosé, Pinotage ou Sauvignon Blanc 
    Vinícola Nederburg
    Origem: África do Sul
    Variedades: Sauvignon Blanc e Pinotage são varietais. No rosé, blend de Pinotage, Shiraz, Cabernet Sauvignon e Merlot
    Teor alcoólico: entre 12% e 14% ABV

Aqui, a dica é da vinícola Nederburg, a mais premiada da África do Sul, um país reconhecido pela produção vinífera. “A qualidade desses vinhos, seja o Blanc, o tinto Pinotage ou o Rosé, é fora do padrão devido ao preço acessível. Não tem erro, são vinhos excelentes, marcantes e fáceis de beber”, justifica Gustavo Cruz. “O rosé da Nederburg é frutado, mas não é adocicado, acompanhando muito bem comida japonesa, ceviche, salmão e risotos leves”, recomenda o sommelier.

Melhores vinhos entre R$65 e R$80

  • Crios Malbec Rosé 
    Vinícola Susana Balbo
    Origem: Mendoza, Argentina
    Variedades: Malbec
    Teor alcoólico: 12% ABV

Esse vinho é elaborado pela Susana Balbo, uma das principais mulheres do mundo dos vinhos argentinos. É um rosé forte, 100% Malbec, mais encorpado e com teor alcoólico mais alto que os outros rosés que indicamos até aqui. No nariz, traz frutas vermelhas frescas como morango, framboesa e cereja, e na boca, muito equilíbrio entre seu frescor e sua tanicidade. Vai bem com peixes, frutos do mar e pratos da culinária japonesa.

  • Kalfu Molu Reserva Pinot Noir
    Vinícola Ventisquero
    Origem: Valle de Casablanca, Chile
    Variedades: Pinot Noir
    Teor alcoólico: 12,5% ABV

A Pinot Noir é uma uva de origem francesa, de poucos taninos, que vem se dando muito bem na região chilena de Casablanca. Por esse caráter “elegante”, a harmonização não fica tão focada em carnes vermelhas. “Apesar de tinto, devido aos taninos suaves, é um vinho leve e versátil, que pode ser combinado com pratos menos encorpados”, aponta Gustavo.

  • Forte Ambrone Supertoscano IGT
    Vinícola Castellani
    Origem: Toscana, Itália
    Variedades: Sangiovese, Merlot e Syrah
    Teor alcoólico: 13,5% ABV

Esse vinho tinto é um dos favoritos do sócio do La Vinicola e entrou para a nossa lista pelo ótimo preço, considerando a sua alta qualidade. “É um vinho excelente, equilibrado, encorpado, mas fácil de beber ao mesmo tempo”, justifica Gustavo Cruz. Macio e de taninos aveludados, combina com carnes vermelhas e massas.

vinhos rosé

Vinhos bons para comprar online: entre R$80 e R$100

  • Nero Reale Primitivo Di Manduria
    Vinícola Rocca Vini
    Origem: Puglia, Itália
    Variedades: Primitivo
    Teor alcoólico: 14,5% ABV

É um vinho tinto bem singular, e dos mais potentes da nossa lista. A uva Primitivo é uma casta típica do sul da Itália e leva esse nome porque amadurece precocemente. “É difícil de encontrar um Primitivo di Manduria (uma denominação de origem controlada da região) por menos de R$100 no Brasil, então o Nero Reale se posiciona bem”, explica Gustavo. O Nero Reale é um vinho robusto, de muitos taninos, e harmoniza com carnes fortes como cordeiro.

  • Biscardo Neropasso Rosso Veneto
    Vinícola Biscardo
    Origem: Veneto, Itália
    Variedades: Merlot, Corvina e Corvinone
    Teor alcoólico: 13,5% ABV

Forte, persistente e com taninos suaves, esse vinho tinto italiano é feito com appassimento, processo que deixa a uva secando como uva passa para concentrar o mosto antes da vinificação. O açúcar presente na uva concentra de forma a virar quase uma geleia, o que impacta o sabor e o aroma do vinho, deixando-no mais denso e complexo. Harmoniza perfeitamente com carnes de caça.

  • La Linda Malbec Rosé (compre aqui)
    Vinícola Luigi Bosca
    Origem: Mendoza, Argentina
    Variedades: Malbec
    Teor alcoólico: 13,5% ABV

Mais um ótimo vinho rosé feito 100% com a uva rainha dos tintos argentinos. “Luigi Bosca é um dos mais renomados produtores do país e faz este vinho de corpo leve, fresco”, comenta João Renato, do Ovo e Uva. É um rosé que vai bem geladinho com canapés e pratos com frutos do mar.

  • Espumante Lírica Crua Brut
    Vinícola Hermann
    Origem: Serra do sudeste, Brasil
    Variedades: Chardonnay e Pinot Noir
    Teor alcoólico: 11,5% ABV

Para João Renato, o Lírica Crua é um dos melhores espumantes do Brasil (e olha que o espumante brasileiro é reconhecido em todo o mundo pela sua alta qualidade). Ele é elaborado pelo método tradicional champenoise e não é filtrado, mantendo a turbidez e a alta concentração de aromas e sabores. É ideal para uma boa comemoração: fresco, complexo e de sabor persistente.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *